Imagem de perfil do profissional.
Viviane M. Castanheiro
Respondeu há 2 anos:
Analisar

Olá. Na vida há momentos bons e momentos ruins. Tem que analisar se essa época ruim que está mencionando é um algo que foge de seu controle e que são coisas que acontece ou se são coisas que você poderia de alguma causar ou evitar. As vezes nos boicotamos, as vezes sem querer dificultamos... Reflita e se esse for o caso, procure um psicologo e converse sobre isso.

Imagem de perfil do profissional.
Geime Rozanski
Respondeu há 2 anos:
Você sabe aonde quer ir?
Você sabe aonde quer ir?

Cada um de nós, antes de sermos profissionais, antes de sermos pais, mães, professores, motoristas, empresários, etc. Somos pessoas. Como pessoa, tenho um principio norteador que dá foco em o que fazer. Não nascemos por nascer... nascemos com um objetivo. Devo sim descobrir qual a minha Missão de Vida e de Carreira. Se não sou coerente comigo mesmo desde o princípio, as coisas podem acontecer sempre de forma errada. Não são as coisas erradas. Eu que estou fora do ponto, eu é que estou em desarmonia comigo mesmo.

+1 profissionais a favor Primeiro a responder

Imagem de perfil do profissional.
Viviane Pazzotti
Respondeu há 2 anos:
Amadurecimento

Oi, tudo bem? De fato em alguns momentos da vida parece que tudo dá errado, e não sabemos o motivo disso. Entretanto o que fará a diferença será a forma como você lidará com essas dificuldades. Pense num espiral, passamos várias vezes no mesmo ponto até que possamos aprender e assimilar a lição proposta pela vida. Isso é amadurecimento. Agora se essas situações estão atrapalhando muito, talvez seja o momento de pensar em procurar ajuda para assimilar o que está vivendo. Boa sorte!

Primeiro a responder

Imagem de perfil do profissional.
Norma Goes Miranda
Respondeu há 2 anos:
Crise existencial

Boa tarde! Tem momentos na vida que precisamos parar para refletir sobre os caminhos a seguir, pois os comportamentos antigos já não servem mais e aí temos a sensação que ¨tudo está dando errado¨. Será que não é este o caso?